Saia do oceano vermelho para navegar no azul com um site poderoso - Agência Tribo - Marketing Digital

Saia do oceano vermelho para navegar no azul com um site poderoso

Saia do oceano vermelho para navegar no azul com um site poderoso

Saia do oceano vermelho para navegar no azul com um site poderoso

O artigo de hoje no #BlogDaTribo é inspirado em um best seller internacional: “A Estratégia do Oceano Azul”, de dois autores, o coreano W. Chan Kim e a norteamericana Renée Mauborgne, ambos acadêmicos da INSEAD, The Business School for the World – a segunda maior escola de negócios do mundo.

Você já leu? Gostei bastante da abordagem dos autores. Acredito que o tema principal do livro seja a discussão de uma tendência geral das empresas em perderem muito tempo imitando os concorrentes ao invés de inovarem.

De uma maneira bem resumida, para os autores, os espaços de mercado conhecidos são como oceanos vermelhos – cheios de tubarões e onde as chances de lucrar são mínimas. Desta forma, o livro propõe que as organizações busquem ‘oceanos azuis’ – onde o potencial de lucro e espaço para inovar são bem maiores. O objetivo da estratégia não é derrotar a concorrência, mas torná-la irrelevante.

Por sermos uma agência em que uma das nossas especialidades é a criação de sites, fiz um link entre a ideia do livro e a força digital que um site tem – e como ele pode ser uma ferramenta poderosa para a sua empresa navegar no azul. É que um dos passos para implantar a principal estratégia do Oceano Azul descrita no livro é sobre a comunicação visual.

Força do site: navegue no oceano azul

O que pensei é que muitas empresas permanecem afundadas no oceano vermelho com os seus sites. É muito comum notar que o empresariado faz um site apenas por fazer. No entanto, existe uma minoria que está nadando de braçada no oceano azul, com resultados positivos nas vendas porque entrega ao mercado consumidor um site com boa estrutura que pensa em SEO, keywords, leads, conteúdo de qualidade.

Neste sentido, a Tribo se orgulha de conquistar os clientes por meio dos serviços que são prestados. A empresa MTE-THOMSON é um exemplo feliz de parceria iniciada em 2010, por exemplo. Nestes nove anos de trabalho, a Tribo aumentou em 10 vezes o número de page views (páginas vistas) no site da empresa. Também somos responsáveis pelo Inbound Marketing,  Hospedagem e Manutenção dos site desta indústria, que inclui um EAD. Se quiser navegar pelos sites que a Tribo criou, acesse nosso portfólio ou pelos cases de sucesso.

Por que os sites são importantes? 

Muito mais do que um ‘cartão de visitas estático’, ter um site bem estruturado auxilia as ações da empresa no ambiente digital, melhora os resultados de busca na internet e, consequentemente, ser encontrado é um passo gigantesco para concretizar vendas ou fechar um contratos.

De acordo com o IBGE, em 2016, o país contava com 116 milhões de usuários na Web. Esse número não para de crescer com a popularização dos smartphones e o aumento da velocidade da internet, mais do que navegar apenas nas redes sociais, essas pessoas estão o tempo todo pesquisando sobre assuntos relevantes nos mecanismos de busca, procurando por novas empresas e produtos ou por respostas para suas dúvidas.

Se a sua empresa não está visível nessa grande vitrine online, como atrair mais consumidores e aumentar as vendas?

Saia do vermelho e mergulhe profundamente no oceano azul com as soluções da Tribo. Se ainda não está convencido da importância de ter um site, entre em contato conosco e tenha mais informações com a gente. Será um prazer tirar todas as suas dúvidas e acompanhar as suas vendas aumentarem!

Até breve!

Compartilhe!
Mauricio Simão
falecom@agenciatribo.com.br

Publicitário por formação, atua na área digital desde 1999, quando tudo ainda era mato e a internet só estava engatinhando. Como consultor e especialista, Mauricio Simão traduz essa linguagem digital tão complexa e cheia de ferramentas para que as empresas organizem melhor seus departamentos de marketing e tenham processos para se relacionar melhor com seus clientes e consigam se tornar cada vez mais relevantes.