Home office em tempos de coronavírus: dicas de boas práticas e softwares aliados - Marketing Digital, Inbound e SEO | Agência Tribo

Home office em tempos de coronavírus: dicas de boas práticas e softwares aliados

Home office em tempos de coronavírus

Home office em tempos de coronavírus: dicas de boas práticas e softwares aliados

Com a ascensão dos casos confirmados no Brasil do novo coronavírus o trabalho remoto ou à distância ganhou força nesses últimos dias. O COVID-19 é o nome de uma variação do coronavírus – doença respiratória que causa sintomas como falta de ar, dores no corpo e febre. Por conta da alta capacidade de propagação da doença, diversas empresas estão funcionando no regime de home office

O objetivo é resguardar a saúde dos colaboradores e diminuir a abrangência do COVID-19 – já classificado como pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Para quem está experimentando esse modelo pela primeira vez, preparei este artigo com sugestões de boas práticas e softwares aliados para o trabalho remoto já que tenho muita experiência em liderar equipes à distância. 

Antes de tudo, é necessário compreender que o líder é o responsável por garantir que a equipe tenha as melhores condições de trabalho. Autonomia, propósito, confiança e foco em resultado são a base do trabalho remoto.

Mais importante do que as tarefas que precisam ser feitas é ter clareza do motivo delas existirem. Tenha um propósito claro, compartilhado e fragmente a sua grande missão em pequenos desafios.

Neste momento específico que estamos vivendo, é importante que o trabalho remoto não seja o mesmo que trabalhar sozinho. “Presença é como a gente se comporta. O isolamento físico não precisa ser transferido para o escritório virtual”.

A conexão da equipe pode ajudar nesse sentimento de “estar sozinho”, afinal não é APENAS sobre produtividade e alta performance, é sobre o nosso lado mais humano em tempos de incerteza e empatia.

Vamos ajudar uns aos outros: colaboração mútua

#1: Planejem juntos a semana;

#2: Distribuam as tarefas com papéis e responsáveis;

#3: Listem as tarefas em uma ferramenta de gestão;

#4: Acompanhem e troquem feedbacks em um encontro virtual diário; 

Dicas de softwares para home office em tempos de quarentena do coronavírus

Gerenciar remotamente não é apenas instalar ferramentas e deixar todo mundo ficar em casa. Criar uma cultura remota é uma mudança de comportamento e bons softwares auxiliam – e muito – esse desafio. Vou listar alguns que já usamos na Tribo para ajudar a sua empresa nas tarefas como conferências em vídeo, comunicação com membros da equipe e organização de atividades entre os membros. 

Todas as sugestões indicadas possuem um plano gratuito que, apesar de não contar com todos os recursos, apresenta funcionalidades muito eficientes, confira!

1 – Zoom: Com ele, é possível fazer conferências por vídeo com uma ou mais pessoas – até 25 membros;

2 – Slack: Uma plataforma de comunicação interna com funcionalidades que lembram um chat – que também faz chamadas de vídeo, só que com muito mais capacidade de customização e interação entre os participantes, além de comandos ágeis e facilidade para compartilhar os mais diversos tipos de arquivos;

3 – Pipefy: Um software que estrutura o trabalho em equipe. Com ele é possível centralizar toda a interação entre os envolvidos, automatizar alertas, atualizações e feedbacks; 

4 – Trello: É um sistema de quadro virtual para gerenciamento de tarefas entre os membros da equipe. Permite a criação de diversos quadros com os quais se formam várias colunas com as atividades;

5 – Google G Suite: É possível trabalhar em tempo real em arquivos com outras pessoas e armazená-los na nuvem com o Google Drive;

Responsabilidade Coletiva

Nós, da Tribo, conscientes da responsabilidade coletiva, estamos seguindo esse modelo de trabalho como forma de diminuir as possíveis chances de contágio entre nossos colaboradores, fornecedores e suas respectivas famílias.

A nossa Tribo está 100% remota por tempo indeterminado, aguardando novas orientações das autoridades oficiais de saúde. Pedimos aos nossos clientes que, ao invés de ligar, enviar mensagens pelo nosso WhatsApp para emergências. Outra alternativa é entrar em contato pelo nosso formulário de atendimento aqui.

Desde já agradecemos a compreensão na certeza de que o Brasil vai superar essa fase.

Até breve,

Compartilhe!
Mauricio Simão
falecom@agenciatribo.com.br

Publicitário por formação, atua na área digital desde 1999, quando tudo ainda era mato e a internet só estava engatinhando. Como consultor e especialista, Mauricio Simão traduz essa linguagem digital tão complexa e cheia de ferramentas para que as empresas organizem melhor seus departamentos de marketing e tenham processos para se relacionar melhor com seus clientes e consigam se tornar cada vez mais relevantes.