Facebook quer integrar Messenger, Instagram e WhatsApp para troca de mensagens - Agência Tribo - Marketing Digital

Facebook quer integrar Messenger, Instagram e WhatsApp para troca de mensagens

Facebook quer integrar Messenger, Instagram e WhatsApp para troca de mensagens

Facebook quer integrar Messenger, Instagram e WhatsApp para troca de mensagens

Novidade fresca no meio digital é a possibilidade da integração do serviço de três plataformas de mensagem: WhatsApp, Instagram e Facebook Messenger. A informação foi divulgada pelo jornal The New York Times no mês passado. Oficialmente, o chefe executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, não comentou a iniciativa e o jornal cita como fonte “pessoas envolvidas no projeto”.

Mesmo com esse ar cheio de rumor, confidencial e um pouco como “conversa de bastidores”, porque os envolvidos falaram sob a condição de anonimato, o periódico afirma que o plano já está nos estágios iniciais com uma meta de conclusão até o final deste ano ou até o início de 2020.

Vale lembrar que, em 2014, o Facebook decidiu separar o seu serviço de mensagens em aplicativo, o Messenger, correto? A ideia era torna-lo mais forte para competir com os que são oferecidos pela Apple e Google. No entanto, neste momento, essa suposta ideia seria remover a barreira entre os três serviços que são mantidos pela mesma empresa. É possível que esse movimento ofereça caminhos para ganhar dinheiro com Instagram e WhatsApp.

Ainda segundo o NYT, o WhatsApp oferece pouca receita e o Instagram tem gerado receita publicitária, mas nenhuma vinda de suas mensagens. As fontes ouvidas pela reportagem apontam que, talvez, uma audiência mais engajada poderia resultar em novas formas de publicidade ou outros serviços pelos quais o Facebook poderia cobrar uma taxa. É assim que tem funcionado as coisas, não é mesmo?

Para nós, o fato é: se essa integração for acontecer mesmo, como ela poderá impactar o seu negócio?

WhatsApp, Instagram e Messenger: como funcionaria?

Em tese, a integração das três plataformas (WhatsApp, Instagram e Messenger) funcionaria da seguinte forma: um usuário do WhatsApp, por exemplo, poderia enviar uma mensagem para alguém que usa o Instagram mesmo que este destinatário não tenha cadastro ativo no WhatsApp. O caminho inverso também poderia ocorrer e a conversa seguiria sem qualquer impedimento inclusive com suporte a imagens, eMoji e todas as ferramentas básicas de qualquer chat que conhecemos (e utilizamos) atualmente.

Para os negócios, acredito que a incorporação destas redes sociais pode facilitar a vida do empreendedor em suas estratégias de marketing digital. Um dos motivos é que não será mais necessário iniciar a conversa com um consumidor ou cliente potencial em um aplicativo e ter de trocá-la para outro. Todas as informações serão repassadas entre os três serviços – o que pode garantir agilidade e uma possível diminuição no número de ocorrências de perda de informações no processo de vendas ou contato.

Nós, da Tribo, antecipamos as tendências no mercado de marketing digital desde 2001 com soluções adequadas para cada tipo de empreendimento!

Quer saber mais sobre o que podemos oferecer em estratégias para o seu negócio decolar? Entre em contato, será um prazer atendê-lo!

Compartilhe!
Mauricio Simão
falecom@agenciatribo.com.br

Publicitário por formação, atua na área digital desde 1999, quando tudo ainda era mato e a internet só estava engatinhando. Como consultor e especialista, Mauricio Simão traduz essa linguagem digital tão complexa e cheia de ferramentas para que as empresas organizem melhor seus departamentos de marketing e tenham processos para se relacionar melhor com seus clientes e consigam se tornar cada vez mais relevantes.