Dicas para vender para Leads do Inbound Marketing

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

“O que faço com os Leads que gerei?”. Essa é, provavelmente, a pergunta mais recorrente entre os clientes da nossa Tribo que já passaram do estágio inicial e aplicaram as estratégias assertivas que sempre falo por aqui: criaram materiais educativos, Landing Pages, entre outros, e agora têm uma boa base de Leads e querem vender mais.

Concordo que transformar Leads em vendas é um desafio comum entre quem investe em Inbound Marketing. É preciso entender que não adianta esperar que esses contatos se transformem em vendas sozinhos. Para comprarem, esses Leads – principalmente no mercado B2B – precisam de um vendedor que realize as ações certas.

E é sobre como vender para Leads do Inbound Marketing que vou falar nesse blogpost. Acompanhe as dicas, confira comigo!

Leads com mais potencial

É importante informar que, antes do time de vendas agir e fazer contato com os Leads, é preciso decidir aqueles que serão ou não contatados. Esse processo é chamado de decisão de qualificação. Um Lead qualificado é um potencial consumidor que já demonstrou interesse em seu produto ou seu serviço e, provavelmente, quer saber ainda mais sobre a sua empresa ou indústria, representando uma grande oportunidade de negócio.

Além de identificar os Leads qualificados, é importante separar aqueles que provavelmente não vão comprar “agora”. Além de diminuir os custos de venda, essa informação é útil para que o vendedor feche mais negócios em menos tempo, entrando em contato com os Leads certos.

Saiba como vender mais para Leads do Inbound

Primeiro contato

Para o primeiro contato com o Lead, é preciso que o vendedor pesquise o contexto e se prepare para esse contato inicial. Na Internet, é possível obter muitas informações sobre empresas e pessoas antes do primeiro contato. Cliente da Tribo, por exemplo, tem o histórico de interações dos Leads com o nosso site usando uma ferramenta – o RD Station Marketing.

Rapidez com as Oportunidades

Após o contato inicial, um fator relevante nessa etapa é a cadência e a rapidez com que você entra em contato após a última conversão de Oportunidades geradas. Quanto mais rápida a abordagem, maior a chance de “pegar” o Lead. Mas, é importante definir um limite máximo de tentativas para não ser chato. Entre 8 a 10 tentativas – sendo 3 por email, por exemplo – são o suficiente para contatar pelo menos 75% dos Leads considerados qualificados.

Entenda a dor

Explore o contexto do Lead, fazendo-o falar. Essa etapa é muito importante porque um diagnóstico errado gera ou uma solução que tem menos chances de ser comprada ou uma solução que, se comprada, não necessariamente resolverá o problema do Lead.

Solução

Na maior parte das vezes um vendedor terá a solução já construída. A questão é entender, de tudo o que é vendido, o que de fato interessa ao cliente. Por ter diagnosticado a situação do Lead, você deve pensar no que será apresentado para ele como solução para o que ele apresentou como problema, de forma que essa solução seja adotada por ele com o mínimo esforço para que vá evoluindo aos poucos.

Saiba como lidar com o não

Caso o vendedor chegue ao final do processo e ainda receba um “não”, é preciso entender o que está por trás dessa resposta. Quando alguém fala que não tem dinheiro, por exemplo, o que ele de fato está querendo dizer? Não tenho dinheiro ou não vejo valor no que você me oferece? Ou estou quebrado e de fato não consigo pagar o que você está me pedindo porque não consigo pegar um empréstimo? Você consegue resolver o que a pessoa quer dizer por trás do que ela está falando? Se sim, e se isso for a única coisa que a está impedindo de começar um negócio, você acabou de transformar o “não” em um “sim”!

Esses são alguns passos para vender para os Leads gerados via Inbound Marketing. Se você quiser saber mais sobre as estratégias, entre em contato com a nossa Tribo por AQUI.

Espero o seu contato,

Até breve!

Maurício Simão
Maurício Simão

Sócio e Cofundador

Publicitário por formação, atua na área digital desde 1999, quando tudo ainda era mato e a internet só estava engatinhando. Como consultor e especialista, Mauricio Simão traduz essa linguagem digital tão complexa e cheia de ferramentas para que as empresas organizem melhor seus departamentos de marketing e tenham processos para se relacionar melhor com seus clientes e consigam se tornar cada vez mais relevantes.

Maurício Simão
Maurício Simão

Sócio e Cofundador

Publicitário por formação, atua na área digital desde 1999, quando tudo ainda era mato e a internet só estava engatinhando. Como consultor e especialista, Mauricio Simão traduz essa linguagem digital tão complexa e cheia de ferramentas para que as empresas organizem melhor seus departamentos de marketing e tenham processos para se relacionar melhor com seus clientes e consigam se tornar cada vez mais relevantes.

Posts Relacionados

Como um blog pode ajudar na estratégia de Marketing Digital

O que não fazer no Marketing de Conteúdo

Segredos das landing pages que convertem

Categorias

Categorias

Últimos Posts

Como um blog pode ajudar na estratégia de Marketing Digital

O que não fazer no Marketing de Conteúdo

Segredos das landing pages que convertem

ico-whatsapp

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar esse site, você concorda com o uso de cookies.