Como sua empresa pode gerar empatia e conquistar novos clientes - Agência Tribo - Marketing Digital

Como sua empresa pode gerar empatia e conquistar novos clientes

Como sua empresa pode gerar empatia e conquistar novos clientes

Você é uma pessoa empática?

Para saber se você é uma pessoa empática, se deve analisar algumas atitudes, como se colocar no lugar do próximo, não julgar, e sentir a necessidade de passar a informação e se comunicar com clareza.

E como podemos colocar a empatia em prática para conquistar novos clientes? Com o mundo globalizado e as pessoas se limitando ainda mais a comunicação “cara a cara”, você deve fazer de um modo diferente com as pessoas que se interessam pelo seu trabalho, essa é a maneira de se destacar e atrair novos clientes para sua empresa.

A empatia está ligada ao relacionamento das pessoas, se você acolhe aquela pessoa que te procurou de maneira simples e segura, com certeza ela se sentirá segura para confiar em você. O mesmo é aplicado ao seu negócio, quanto mais amigável e empático, mais as pessoas se identificam e passam a te dar um voto de confiança.

Vale lembrar que a empatia não deve reinar a todo momento, quando você não concordar com algo que o cliente disse ou propôs, esclareça de maneira respeitosa o por que não concorda e siga em frente com a conversa. Se mostrar firme e esclarecedor nas decisões também passa segurança para quem vai comprar.

Escutar seu cliente deve estar em primeiro lugar, ouvir suas dúvidas, suas insatisfações e seu ponto de vista sobre o seu produto, mostram como você dá a devida atenção ao que ele diz. Se dedicar a prestar atenção ao que o outro diz e depois responder com entendimento, devem ser as atitudes utilizadas para que não haja nenhuma divergência a mais ligada aquele assunto. Se mostrar presente e não fugir das situações que possam aparecer, são um ponto positivo e mostram empatia.

Quando se aplica a empatia para conquistar novos clientes e manter os que já estão com você, é possível entender melhor o comportamento das pessoas e respeitar cada opinião que venha a surgir.

Tags: